Dupla de jogadoras de vôlei do Minas constrói amizade pra vida toda

mariela

Praça da Liberdade é um dos lugares favoritos de Lynda e Alaina (crédito: Mariela Guimarães)


A presença de uma companheira fiel dentro do elenco é sempre motivante. Sorte de da central porto-riquenha Lynda Morales e da oposta norte-americana Alaina Bergsma, do time feminino de vôlei do Minas Tênis Clube. Depois de jogarem juntas, no ano passado, pelo Guayanbo, de Porto Rico, elas, agora, atuam lado a lado pelo segundo ano consecutivo. “É muito bom ter alguém como ela por perto. Ficamos muito amigas jogando juntas e agora essa situação se repete. Com certeza, a contratação dela me motivou a assinar com o Minas”, admite Alaina, de 23 anos.

Quando chegou ao time porto-riquenho, Lynda já atuava pela equipe do país. Nascida na Califórnia, a jogadora pôde se naturalizar e atuar pela seleção do país da América Central graças à avó. “Fui criada nos Estados Unidos e esse parentesco abriu portas para que eu jogasse pela seleção local”, comenta a central de 25 anos, que possui dupla cidadania e defendeu Porto Rico na última edição do Grand Prix, vencida pelo Brasil. Assim como a amiga, Alaina também teve a oportunidade de defender a seleção de seu país.

Mesmo no primeiro ano de Superliga, elas já puderam sentir a diferença de nível para o campeonato anterior. “Em Porto Rico, o nível é bom, mas não tão alto quanto aqui no Brasil. A exigência aqui é bem maior”, sinaliza Lynda. Alaina garante que teve se que adaptar, já que o ritmo de jogo a que estava acostumada era outro. “Joguei nos EUA no torneio universitário e o jogo lá era mais rápido. Aqui, precisei me ambientar”, detalha. A passagem por Porto Rico foi a sua primeira experiência como jogadora profissional.

Apesar de nascida nos Estados Unidos, a central Lynda Morales aproveitou o fato de sua avó ser porto-riquenha para se naturalizar e adquirir dupla cidadania.

Desta forma, sua experiência profissional pôde ser ampliada. já que recebeu chances na seleção de seu país e pôde atuar pelo Guanaybo sem ser considerada
estrangeira.

“Fui criada nos Estados Unidos e esse parentesco abriu portas para que eu jogasse pela seleção local”, comenta a central , que defendeu Porto Rico na última edição do Grand Prix. Apesar de estar ‘em casa’, Lynda tinha somente um tio e uma tia como parentes próximos no país da América Central. Assim como a amiga, Alaina também teve a oportunidade de defender os EUA no Grand Prix.

mariela1

Jogadoras revelam vontade de explorar a capital mineira (crédito: Mariela Guimarães)

Jogadoras aproveitam tempo livre para conhecer BH

Em Belo Horizonte, elas moram juntas, assim como aconteceu no último ano. As duas não se desgrudam e tentar aproveitar bem a capital mineira. “Não somos muito de ficar em casa. Gostamos de explorar a cidade e conhecer as coisas boas do local. Temos apreciado a culinária brasileira e o acolhimento das pessoas, nas ruas, me encanta muito. Alguns me param na rua para dar um abraço, desejar boas-vindas e falar sobre vôlei. Este ambiente é muito favorável”, agradece a norte-americana.

Lynda, com espírito aventureiro, mostra-se aberta, a todo momento, a novas experiências. “A presença em uma cidade precisa ir além do trabalho. Existem outros aspectos além do trabalho que podem ser aproveitados. Sempre tento conhecer mais coisas sobre a cultura, ir a novos lugares”, indica a jogadora. Na sua primeira semana em Belo Horizonte, ela visitou um dos museus ao redor da Praça da Liberdade e ficou maravilhada com a riqueza artística do Estado.

A praça, inclusive, é um dos lugares favoritos da dupla. “Fica perto de casa e sempre passamos por aqui para um passeio e descanso. É um lugar muito bonito e agradável. As luzes, na época do Natal, deram um brilho especial. Ficou lindo”, destaca a porto-riquenha. Além do ponto turístico, ela já aproveitaram a Praça do Papa e gostam bastante de ir ao Mercado Central. “É um lugar espetacular, com várias opções de frutas e vegetais que eu não conhecia. O hambúrger de lá é muito bom, também”, lembra Alaina.

No recesso de final de ano, elas aproveitaram a folga para passar o Natal, juntas, no Rio de Janeiro. “Já tinha ido ao Rio e lá é demais. Fica

mos em Copacabana por cinco dias e fomos ao Cristo, Pão de Açúçar e Santa Tereza. Mas uma das melhores coisas foi jantar numa churrascaria”, delicia-se a central, que brincou com a amiga. “Ela, agora, está menos branca. Deu pra pegar uma cor”, diverte-se.

mariela2

Dupla fortaleceu em BH amizade criada em Porto Rico (crédito: Mariela Guimarães)

Amizade com restante do elenco cresce aos poucos

Apesar de estarem sempre juntas, elas fazem questão de tentar ampliar o círculos social. “Temos saído com as companheiras de time, fomos a casa da uma delas para jantar e temos nos aproximado cada vez mais. É muito importante ter uma boa relação com todo o elenco. Entendo um pouco o português, mas ainda é complicado para falar. A Lynda, que fala espanhol e entende bem o português, me ajuda muito na comunicação. Sinto-me mais segura ao lado dela”, relata Alaina.

A relação tranquila entre as duas fez a amizade crescer. O primeiro contato veio quando se enfrentaram pelo campeonato universitário dos EUA. Lynda atuava pela Universidade da California, onde formou-se em Negócios, enquanto Alaina defendia a Universidade do Oregon, onde foi vice-campeã do torneio nacional, além de ser eleita a melhor jogadora de 2012. Por lá, Alaina formou-se em administração com foco esportivo.

A beleza das duas é incontestável e chama atenção. Prova disso é o assédio que elas recebem da torcida. Alaina tem, no ‘currículo, o título de Miss Oregon. A carreira de modelo foi interrompida por motivos profissionais. “Agora, meu foco é no Minas. No final da temporada, posso pensar em fazer alguns trabalhos. Mas, por enquanto, quero me concentrar no vôlei”, garante.

Futebol ao vivo

Anúncios

Sobre Daniel Ottoni

Desde 2011, repórter de esportes especializados do jornal O Tempo, de Belo Horizonte. Fale comigo no d.ottoni@gmail.com
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s