André Heller garante que ainda tem muita lenha para queimar

Imagem

O ex-central da seleção mostra serenidade ao reconhecer melhor momento físico e técnico dos novos companheiros de posição (crédito: Douglas Magno)

Com Daniel Hott

André Heller é um dos principais meios-de-rede da história do vôlei brasileiro. Mesmo sem jogar pela seleção desde 2008, ele fala com tranquilidade sobre sua aposentadoria do time verde-amarelo. Lúcido, Heller sabe que viveu bem seu momento e que agora é a hora de outros aproveitarem a oportunidade. “Meu ciclo está muito bem resolvido. Depois de Pequim, eu sabia que era o fim da minha passagem. Tive uma conversa com o Bernardo, me coloquei à disposição, mas entendendo a necessidade de renovação. Tive uma passagem tão bacana pela seleção, que eu desejo o bem para o time independentemente de estar lá ou não. Agora sou um torcedor”, admite o central.

Mesmo sendo realista, Heller não esconde a tristeza de ver que um tempo bom ficou para trás. “Os jogadores de meio da seleção são mais jovens que eu, mais altos e melhores fisicamente. O envelhecimento é inevitável e isso nos abala”, salienta.

Mesmo longe da seleção, ele dá um exemplo de profissionalismo, sabendo que ainda pode contribuir não somente com o time do Medley-Campinas, mas com o projeto do time do interior paulista. “É um prazer defender o Campinas. Acho importante frisar que a experiência não vem apenas com a idade. Ela é fruto de um trabalho bem feito. É é bom poder participar de um projeto tão bacana quanto esse da Medley”, destaca, mostrando orgulho por contribuir com um trabalho que vai além das quadras e possui uma força social.

Perto da família, ele não esquece do período na Itália, importante para o crescimento pessoal e profissional. “Por lá, as pessoas cuidam melhor do país do que os brasileiros. Eles entendem que qualquer ação fora do comum pode refletir na sociedade”, ensina.
Com o nome marcado no vôlei nacional, Heller espera continuar contribuindo para o crescimento próprio, do time e do esporte. Por mais que a aposentadoria não esteja distante, ele garante que ainda tem muito a somar.

Hobbies e formação não são esquecidos e mostram diferencial

Do lado de fora das quadras, André Heller também mostra uma vontade constante de evoluir.

Pensando em um momento não muito distante, quando o físico não mais suportar o ritmo de ataques, defesas, saltos e bloqueios, ele já se prepara para o momento de deixar as quadras. “Não tenho data definida para aposentar. Amo o que faço e vou até quando o meu corpo aguentar. Quando não me sentir mais útil, vou entender os sinais. Mas, por enquanto, ainda posso ajudar muito”, garante.

A rotina de viagens, treinos e até mesmo as transferências de um clube para outro comprometeram a formação como educador físico. Mesmo assim, ele persiste. “Estou no terceiro semestre, no início do curso ainda, porque estou desde 1996 tentando fazer. Sempre começo e paro. Educação Física é um curso no qual alio minha experiência ao conhecimento. É muito bacana e amplo. Estou muito empolgado para me formar”, alegra-se.

Como passatempo, ele tenta dar alguns sopros na música, ainda sem o mesmo sucesso das quadras. Quando jogou pelo Minas, Heller foi apresentado ao saxofone e a paixão nunca mais foi embora. “O saxofone é um legado que levo de Belo Horizonte. Conheci um músico muito bom e qualificado, o Marcelo Pereira, que acabou virando meu professor. Em Campinas, minha prioridade é o vôlei e, agora, com a faculdade, tive que parar as aulas. Estou em stand-by, mas quando tiver mais tempo, volto a tocar. Não posso dizer que toco, acho que nem minha mulher gosta de me ouvir tocar. Quem sabe não faço um dueto com o Marcelo, daqui uns 30 anos”, projeta, descontraído. 

Anúncios

Sobre Daniel Ottoni

Desde 2011, repórter de esportes especializados do jornal O Tempo, de Belo Horizonte. Fale comigo no d.ottoni@gmail.com
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s