Red Bull Street Style: ginga e malabarismo com a bola

Neymar, mestre dos dribles, será um dos jurados. Tem gente que garante que vai surpreender o jogador santista (crédito: Red Bull Content Pool)

Se os ‘truques’ mostrados por Neymar e Ronaldinho Gaúcho já chamam a atenção em partidas oficiais, o que dizer de uma competição onde manobras e controle com a bola são as principais jogadas? O Red Bull Street Style, que teve a final da primeira edição mundial realizada em 2008, em São Paulo, terá sua classificatória nacional realizada no próximo domingo, às 20h30, no Circo Voador, na Lapa, Rio de Janeiro. A opção pelo local repleto de ‘bambas’ da malandragem foi bem feita e vai de acordo com a proposta do evento, de reunir ginga e descontração.

Para escolher os participantes da final brasileira, seletivas regionais aconteceram em São Paulo, Porto Alegre, Recife e Fortaleza. Oito foram selecionados nas disputas nestas capitais, enquando outros sete foram escolhidos depois de enviar vídeos com o que tinham de melhor. Ao lado deles, estará Arthur Mansilla, atual campeão nacional, que participou da última disputa mundial, que aconteceu no ano passado na Cidade do Cabo, África do Sul. Entre os 16 participantes, um irá representar o Brasil no mundial de 2012.

Apesar do favoritismo, Arthur garante que o nível da competição será alto. “Venho treinando todos os dias para defender meu título, mas sei que vai ser bem difícil porque o pessoal tem evoluído bastante em todo o Brasil, e tem muita gente apresentando várias coisas novas. Minha passagem pela África no ano passado foi ótima. Aprendi novos estilos, fiz contatos importantes com atletas do mundo inteiro, sem contar a experiência que ganhei em competições internacionais, o que com certeza vai me ajudar e me fazer ficar menos nervoso no Circo Voador. Estou preparado, e não vou dar mole para ninguém”, declarou.

A pequena Miraí, de apenas 13 mil habilitantes, no interior de Minas Gerais, estará representada por Adonias Vieira, 17, que se classificou mandando vídeo de um minuto. “Espero surpreender a todos com alguns truques que tenho na manga, que muita gente não conhece. Acho que o Neymar vai gostar. No freestyle, ele é considerado iniciante. É bem diferente uma competição como esta de uma partida oficial de futebol”, garante o estudante do terceiro ano. Está será sua primeira participação e a vontade é de vitória. “Não esperava ser escolhido, mas aconteceu. Agora que estou na seletiva, espero fazer meu melhor e garantir o título”, comentou o jovem, que treina durante duas horas, três vezes por semana, ao lado do primo, para simular o combate.

Os jurados são de ‘responsa’, como bem diz a gíria das ruas. Neymar, atacante do Santos e conhecido por sua habilidade com a bola nos pés está confirmado, junto ao francês campeão mundial de freestyle Arnaud “Sean” Garnier e Pelezinho, um dos melhors dançarinos de break do mundo.

As batalhas acontecem durante três minutos, em confrontos individuais. Cada atleta faz as suas manobras alternando a posse de bola a cada 30 segundos. Os juízes fazem suas avaliações de acordo com criatividade, controle de bola e estilo. Uma oportunidade boa para ver manobras com a bola, difíceis de acontecer em todo e qualquer gramado do mundo.

Anúncios

Sobre Daniel Ottoni

Desde 2011, repórter de esportes especializados do jornal O Tempo, de Belo Horizonte. Fale comigo no d.ottoni@gmail.com
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s