Clássico abaixo do esperado

Fábio garantiu mais um jogo para o Cruzeiro sem levar gols

Atlético e Cruzeiro fizeram um clássico bem abaixo da expectativa para o maior confronto do estado. Poucas chances de gols e um número alto de faltas e passes errados chamaram mais a atenção do que qualquer outro fator. No final, um a zero para o time celeste.

O jogo foi decidido na única oportunidade criada pelo Cruzeiro no primeiro tempo. Werley e Campos bateram cabeça e o erro de posicionamento-comunicação deu espaço para W. Paulista soltar um belo chute de fora da área, sem chance para Fábio Costa.

Ainda na etapa inicial, Tardelli desperdiçou todas as chances que teve, comprovando a queda de rendimento da maior esperança atleticana no campeonato. Antes mesmo do final do primeiro tempo, o capitão discutiu arduamente com Campos e Werley. Sobraram palavrões, xingamentos e um nítido descontrole da equipe pôde ser visto por todos, antes de chegar aos vestiários. Fábio mostrou segurança quando exigido e T. Ribeiro merecia um cartão vermelho por entrada desleal no garoto João Pedro.

Uma das grandes surpresas foi Edcarlos. Contestado antes mesmo da estreia, ele mostrou que tem valor e condições de ser titular do Cruzeiro, com dois ou três zagueiros.

No segundo tempo, o Cruzeiro criou mais chances e desperdiçou a mais clara delas com Diego Renan. O Atlético conseguiu criar boas situações, mas o goleiro Fábio mostrou porque deve ser convocado para a seleção brasileira. Mas faltou muito ao Atlético durante toda a partida. Um empate seria um resultado mais justo.

Zé Luís não pode ficar no banco. Sua virtuosa marcação faz muita falta. Macedo e Fernandinho ainda não corresponderam, assim como Diego Souza. O Atlético ainda não se encontrou, apesar dos grandes nomes. Luxemburgo não conseguiu dar à equipe um padrão tático. A torcida cobra e o professor tem a certeza, entrevista após entrevista, que tudo dará certo. Paciência tem limite. Inclua aí a de Alexandre Kalil. Uma hora a coisa estoura. E sempre sobra para o treinador, sendo ele responsável ou não por contratações e planejamento visando 2011.

Anúncios

Sobre Daniel Ottoni

Desde 2011, repórter de esportes especializados do jornal O Tempo, de Belo Horizonte. Fale comigo no d.ottoni@gmail.com
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s